Oficinas culturais a todo vapor!

Desde o início desse ano o São Mateus em Movimento ampliou sua grade de oficinas culturais, semanalmente são realizadas 11 atividades de formação no espaço. O público principal são crianças, adolescentes e jovens. Entretanto, o público adulto e inclusive os idosos também são contemplados: devido demanda da comunidade estamos oferecendo mais uma oficina, a de “samba rock”.

As aulas de capoeira são a principal marca do nosso espaço, que surgiu em 2007 e desde então abrigou o grupo “Arte do Revide”, que oferecia oficinas gratuitas para a comunidade. Os mestres Lampião e Rato estão a frente das aulas de capoeira, que estão bombando!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Outra oficina presente desde o princípio é a de desenho/graffiti. Inicialmente ministradas pelos artistas do Grupo OPNI essas atividades já atenderam um grande público local. Atualmente quem está a frente desse processo é a graffiteira e arte educadora Patrícia “Riska”.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Algumas das oficinas que rolam atualmente iniciaram em 2014, quando fomos Ponto de Cultura e tivemos a oportunidade de iniciar um novo ciclo de formação cultural na Vila Flávia – quebrada onde está localizado o São Mateus em Movimento. São elas, as oficinas de “musicalização: flauta e violão” e “raciocínio lógico – espaço do brincar”, ministradas respectivamente pelos arte educadores Adriano Yzola e Leonardo Marino.

As oficinas de raciocínio lógico, ou também conhecidas como espaço do brincar, utilizam atividades lúdicas que estimulam o pensar, a criatividade e a convivência. É talvez uma das aulas mais queridas pela comunidade, já que o envolvimento das crianças é notável. O principal elemento da oficina é o método construtivo criado pelo educador: inspirado nos poliedros de platão o tio Leo (como é conhecido pelos pequenos) criou um quebra cabeças que vira uma bola. Após monta-la e decora-la todos brincam pra valer!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Outras duas oficinas iniciaram em 2016 e também permanecem na grade atual: “percussão/bateria” e “letramento digital”. Os educadores são o músico Vinicius D’Assunção e o especialista em educação Kadu Braga. A oficina do Kadu utiliza ferramentas inovadoras no campo da tecnologia: como por exemplo a linguagem de programação “Scratch” e o robô “Ozobot”. O objetivo é democratizar uma linguagem hoje pouco acessível a periferia, que mesmo conectada a internet possui poucas oportunidades de cursos que envolvam programação e robótica.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Como resultado das oficinas de musicalização, percurssão/bateria e dos eventos musicais realizados na comunidade, em 2017 surge a banda do São Mateus em Movimento, formada por quatro dos nossos alunos. Com o interesse e a dedicação das crianças com a música criamos uma oficina especial: a “Escola de Rock”. As aulas também são ensaios, onde as crianças podem experimentar de forma mais livre. O educador responsável por acompanhar a banda é o músico Edgard Alves, que compõe o grupo Mãe da Rua, uma das principais bandas independentes de São Mateus.

Além das oficinas mencionadas acima em 2018 também oferecemos a turma de “danças urbanas”. Entretanto, seguindo sugestões da comunidade local, substituímos essa atividade pelo “samba rock”. A partir disso ampliamos o atendimento ao público adulto e inclusive aos idosos, que até então participavam apenas das oficinas de musicalização.

Fly Samba Rock

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s